Início Destaques G44 Brasil é investigada pela CVM por crimes contra a economia popular?

G44 Brasil é investigada pela CVM por crimes contra a economia popular?

Autor

Data

Categoria

A G44 Brasil, empresa que oferece investimentos em criptomoedas PRESTOU esclarecimentos ao Ministério Público Federal.

Nosso site investigou e descobriu uma certa perseguição do Site Guia do Bitcoin, já que em entrevistas com alguns clientes investidores da empresa informaram que a G44 esta trabalhando normalmente.

Houve relatos que foram cobrado pelo Guia do Bitcoin $$$ para remoção do link na internet.

Segue o conteúdo que estava no site do Guia do Bitcoin:

Devido à torrente de denúncias realizadas contra a empresa, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) repassou o caso à Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI), responsável por mediar os mercados de derivativos e de distribuição de valores mobiliários. Segundo análise da autarquia, a empresa iludia seu público-alvo no que se refere à legalidade de suas operações, com informações divergentes em seu FAQ oficial.

Segundo Ato Declaratório nº 16.167 de março de 2018, a SMI afirma que a empresa G44 BRASIL INTERMEDIAÇÕES FINANCEIRAS EIRELI (CNPJ 28.839.840/0001-61), JOSELITA DE BRITO ESCOBAR e SALEEM AHMED ZAHEER não estão autorizados a captar clientes que residam no país, uma vez que não fazem parte do sistema de distribuição determinado pela autarquia. A SMI todos os serviços ofertados pela G44 Brasil.

Ainda de acordo com a autarquia:

Convém citar: há meses atrás, a empresa se autointitulava G44 Altcoins Exchange. Após as diversas denúncias realizadas à época, mudaram seu nome para G44 Brasil. O layout do site foi completamente reformulado, também. Em Nossos Negócios/CriptoInvest, uma das modalidades oferecidas pela empresa para rentabilizar com suas criptomoedas, ao invés de sermos direcionados a uma página com descrições detalhadas sobre o modus operandi, somos surpreendidos com uma simples tela de login:

Não há quaisquer informações relevantes sobre o produto; apenas uma tela de login e de registro para novos usuários, o que garante à CVM e à SMI total razão no que se refere à ausência completa de transparência por parte da empresa.

Lastimável empresa como o Guia do Bitcoin agirem desta forma para prejudicar empresa que são sérias no Brasil.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

DELIO ANDRADE

Jornalista, sob o número 0012243/DF

Responsável pelo G44 Blog, assuntos referenciados a G44 Brasil S.A. Empresa brasileira do ramo de investimentos.

CONTATOS:

ENDEREÇO: QS 01, Rua 210, lote 34 bloco b Sala 306 Edifício Empresarial Led Águas Claras, Brasília - DF, 71950-770

TELEFONE: +5561984277294

Últimas postagens

Empresa de transporte rodoviário aceita pagamento com criptomoedas

As criptomoedas ou moedas virtuais estão cada vez mais alcançando novos setores, seja no comércio, indústria e prestação de serviços. No último mês, uma empresa...

Equador descobre uma das maiores minas de ouro, prata e cobre do mundo

Os recursos naturais da América do Sul não param de ser descobertos. O Ministério de Energia e Recursos Naturais Não Renováveis do Equador anunciou...

Litecoin tem 350% de valorização em 2019

Nem só de Bitcoin vive o mundo das criptomoedas. O gráfico de crescimento e valorização do Litecoin é ascendente e a moeda já valorizou...

Criptomoedas voltam para a pauta do Senado Federal

Nesta quarta-feira, as comissões de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática e a de Assuntos Econômicos voltaram a debater as operações envolvendo criptomoedas, como...

Bitcoin volta a crescer nesta quarta-feira e marca US$13,8 mil

O bitcoin voltou a bater recorde nesta quarta-feira (26). A criptomoeda “sacudiu” as exchanges do mundo todo chegou no fim da tarde a valer...

Comentários recentes

MAURILIO MACEDO DE OLIVEIRA on O que é a G44 Brasil?
DELIO ANDRADE on G44 não é pirâmide!
Atendimento do Blog G44